• Colégio Metropolitano

Nota 1000 na redação do enem usa plataforma de ensino eleva!

Atualizado: Set 3


Nós acreditamos no poder da educação ao redor do Brasil! É por isso que temos orgulho de contar histórias como a do Tiago Henrique Rodrigues Pedrosa Gonçalves, jovem de 16 anos que tirou 1000 na redação do ENEM de 2018.


Tiago é um dos 950 alunos do Colégio da Luz, situado em Guarabira, município da Paraíba, que utiliza a Plataforma de Ensino Eleva desde 2015. O aluno treineiro foi motivo de muito orgulho após tirar mil na redação do ENEM, mesmo estando apenas na 2ª série do Ensino Médio.


Não há fórmula mágica para ser treineiro ou ter bons resultados. Samuel Diôgo, diretor do colégio, diz que, desde o 9º ano, os professores já incentivam os alunos a fazerem o Exame Nacional do Ensino Médio:


“A gente passa na sala e fala que todo mundo pode se inscrever, que é importante para pegar mais experiência e não enfrentar surpresas na hora da prova” – afirma.


O diretor explica que esse trabalho de conscientização é algo que já está na cultura do colégio. É o caso de Tiago, que estuda no Colégio da Luz há mais de 10 anos e faz ENEM desde o 9º ano para treinar:


“Sempre quis fazer para me preparar para a prova, saber como funciona, entender o estilo das questões” – diz Tiago.


(Sandra Gonçalves, mãe; Tiago Henrique; Samuel Diôgo de Lima, diretor, e Paulino Neto, irmão de Tiago)

Perguntamos para o aluno qual foi a sensação ao ver a nota da redação. A resposta de Tiago foi humilde e mostra como esforço, apoio da comunidade escolar e qualidade do material didático andam juntos:


“Foi totalmente inesperado, porque eu não me vejo como uma pessoa boa em redação. Eu pegava dica com os professores e amigos. Na hora que vi a nota, fiquei me tremendo, liguei para os meus pais, e eles ficaram bem felizes. Minha mãe disse que até chorou no trabalho de emoção. E assim… o que me ajudou foi entender como fazer uma boa redação, e o material Eleva ensina isso, mostra como fazer uma boa introdução, quais os elementos fundamentais na hora de escrever…” – declara.


Tiago, em 2018, adotou uma rotina de estudo de duas a três horas por dia. O estudante disse que só treinava redação no colégio, a cada 15 dias, mas que a meta para 2019 já está intensa: 1 redação por semana e estudo mais prolongado em casa, usando também outras ferramentas do Eleva:


“Eu gosto de usar a Plataforma Adaptativa, principalmente quando se aproxima a semana de provas, porque me ajuda na preparação, e as questões são desafiadoras e fortalecem o conteúdo” – diz Tiago.


(Tiago Henrique Gonçalves utilizando Material Didático e Plataforma Adaptativa Eleva)

Samuel Diôgo comenta algumas atividades que faz no Colégio da Luz para melhorar ainda mais o desempenho dos alunos: bate-papo com ex-alunos sobre profissão, ambiente universitário e professor exclusivo de interpretação que debate temas em sala de aula.


O diretor reforça a satisfação em ser parceiro da Plataforma de Ensino Eleva:


“Imagina o pai ter que pagar escola e ainda cursinho para o filho ir bem no ENEM? No Colégio da Luz, a gente oferece qualidade de ensino. Se eu tenho um material didático bom e um professor bom, não preciso de cursinho. E os simulados do Eleva melhoraram muito o desempenho dos meus alunos, sabe? Eles já perceberam que são bem parecidos com o ENEM, e se preparam para fazer bem e tirar uma boa classificação” – diz Diôgo.


Acreditar e buscar qualidade de ensino é uma das maneiras de promover o desenvolvimento dos alunos, e, assim como o estudante Tiago Henrique Rodrigues Pedrosa Gonçalves, da Paraíba, que tirou 1000 na reação do ENEM de 2018, é possível melhorar a excelência acadêmica.


(Fonte: Portal Eleva)

120 visualizações
  • Ícone branco do Facebook
  • Ícone branco do Instagram

Contato

Endereço

®️ 2019 Colégio Metropolitano. Todos os direitos reservados.

Tel: (19) 3413-1587 | (19) 99391-3780

Email: comercial.metro@terra.com.br

Av. Dom João Nery, 203

Vila Rezende - Piracicaba/SP